segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Vejo luz

Em meio à atordoada escuridão, encontrei beleza neste mundo.
Conheci sua forma, sua cor, seu cheiro.
Sentir o som do seu nome repousando em meus ouvidos
é melhor do que ouvir a mais inspirada canção do Chico.

[...] Uma luz no meio desse breu sufocante e sujo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário